MAS O QUE É MESMO ÉTICA ?

A ética é uma característica inerente a toda ação humana e, por esta razão, é um elemento vital na produção da realidade social. Todo homem possui um senso ético, uma espécie de "consciência moral", estando constantemente avaliando e julgando suas ações para saber se são boas ou más, certas ou erradas, justas ou injustas.

Existem sempre comportamentos humanos classificáveis sob a ótica do certo e errado, do bem e do mal. Embora relacionada com o agir individual, essas classificações sempre têm relação com as matrizes culturais que prevalecem em determinadas sociedades e contextos históricos.

A ética está relacionada à opção, ao desejo de realizar a vida, mantendo com os outros relações justas e aceitáveis. Via de regra está fundamentada nas idéias de bem e virtude, enquanto valores perseguidos por todo ser humano e cujo alcance se traduz numa existência plena e feliz.

O estudo da ética talvez tenha se iniciado com filósofos gregos há 25 séculos atrás. Hoje em dia, seu campo de atuação ultrapassa os limites da filosofia e inúmeros outros pesquisadores do conhecimento dedicam-se ao seu estudo. Sociólogos, psicólogos, biólogos e muitos outros profissionais desenvolvem trabalhos no campo da ética.

KAROLINA CRUZ








quinta-feira, 20 de maio de 2010

Culinária da África do Sul

Como todo país, a África do Sul também apresenta uma culinária própria, tendo como base de seu cardápio as carnes vermelhas, além das comidas exóticas.

Num evento social de nome braai, pode-se comer carnes grelhadas, mas estas nunca são preparadas por mulheres. Os homens juntam-se em volta dos braseiros e as mulheres ficam responsáveis por preparar as saladas e as sobremesas.

A culinária da África do Sul recebeu fortes influências das culturas indígenas, mais especificamente das tribos Khoisan, Xhosa e Sotho. O doce de nome koeksisters é tradicional no país, sendo de origem desses povos, muito servido como sobremesa; é de aparência simples, comumente servido em eventos informais, pode ser encontrado facilmente.

A comida sul-africana também recebeu, na época colonial, influências das comidas britânicas, através dos escravos que trabalharam para famílias inglesas.

Os escravos, privados de sua liberdade, tiveram que adaptar suas receitas étnicas africanas aos ingredientes que dispunham, incluindo-os na forma de preparar os alimentos.

O país recebeu influências da culinária árabe, na época da idade média, esses costumes também foram levados através dos escravos, que levaram várias receitas com eles.

Como comidas exóticas, comem grilos fritos, mas hoje em dia a culinária da África do Sul é reconhecida pela sua singularidade e sabor, copiada em muitos países do mundo.

Com as influências de várias culturas, a culinária sul-africana se tornou um verdadeiro caldeirão de ideias e sabores. Suas receitas variam entre carnes, pães, doces, tortas, linguiças, espetos e arroz colorido.

Postado por Angélica (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário